Wishlist
Carrinho de Compras 0
Subtotal: 0,00 €
IVA : 0,00 €
Total:
0,00 €
Finalizar Compra Compra 100% segura. Encriptação SSL 256 bits


Wilson Audio Sabrina

As Sabrina têm quase o mesmo tamanho das suas "progenitoras" de 1980. Por outro lado, as XLF representam o que de melhor a Wilson faz na atualidade, após três longas décadas de procura pelo estreitamento entre a música ao vivo, não amplificada e a sua reprodução em sistemas de música. As XLF são das melhor soluções do mundo, no que respeita a alinhamentos temporais de precisão, altifalantes exclusivos e módulos construídos a partir de materiais específicos da Wilson Audio, tudo isso contribuindo para uma redução de ressonâncias e de colorações, até níveis insignificantes. Quando a Wilson Audio começou a desenvolver as Sabrina, o objectivo era recuperar toda a "bagagem" de conhecimento e experiência das XLR, destilando-os até à sua essência, criando umas colunas que, tal como as primeiras Watt/Puppy, pudessem equiparar-se com sistemas bem maiores, oferecer contrastes dinâmicos e expressões harmônicas, características que definem o carácter das qualquer coluna Wilson Audio.
Ver Características
21 900,00 €

Descrição

Crossover
Cada um dos divisores de frequências das Sabrina é uma "obra de arte", pois são construído à mão. A Wilson determina tolerâncias muito reduzidas e, por isso mesmo, muito mais exactas, do que a maioria da concorrência. Muito embora os outros fabricantes de topo aceitem uma certa falta de precisão como sendo normal, na Wilson, acredita-se que possuir um par de colunas serve para que possamos ouvir, precisamente, aquilo que Dave ou os seus engenheiros de som, ouviram quando deram por completo o primeiro modelo final.
Ao desenvolverem o divisor de frequências das Sabrina, efetuaram medições específicas à redução de distorções e dos seus efeitos prejudiciais à audição. O principal objectivo foi ir ao encontro dos padrões já atingidos no desempenho de graves e nos contrastes dinâmicos da Wilson. Algo muito desafiante, uma vez que as caixas das Sabrina são muito mais compactas. Com isto em mente, foram feitos contínuos refinamentos nas topologias dos divisores de frequências e na escolha de componentes internos.
Na Wilson, os engenheiros servem-se de programas específicos, desenvolvidos dentro da empresa. Esse programas ajudam a identificar as variáveis do domínio temporal dos divisores de frequências - algo que muitos fabricantes simplesmente ignoram. As subsequentes audições e os meticulosos refinamentos dos divisores de frequências verificam, de forma empírica, a veracidade das escolhas feitas. O método utilizado para verificação do sucesso destas escolhas não tem como base, apenas, os aspectos técnicos, mas sim uma comparação com a música ao vivo e não amplificada.
Níveis mais baixos de ruído e distorção permitiram que, nas Sabrina, se consiga ouvir sons mais "profundos". Os problemas e os artefactos sonoros que, de outro modo, seriam ocultados, tornam-se claramente audíveis e, por sua vez, são mais facilmente abordados e resolvidos. A redução da distorção no domínio temporal também diminui o grão estrutural e melhora um dos pontos fortes das Sabrina - a sua temporalidade. As Sabrina são capazes de graves fantásticos e de uma inteligente combinação entre velocidade e autoridade - algo que é fruto do trabalho inovador desenvolvido pelos engenheiros da marca no divisor de frequências destas colunas. A velocidade de transitórios nas gamas médias, a sua beleza tonal, a transparência, a resolução espacial, os graves desenvoltos e a expressividade dinâmica destas colunas, bem como (muito importante) uma verosimilhança com o espetáculo ao vivo, são tudo pontos positivos e tradicionais das colunas Wilson e estão bem presentes nas Sabrina.
Altifalantes
Muito foi dito e escrito sobre o altifalante de agudos especial da Wilson, o Convergent Synergy Tweeter. O objectivo inicial era o de proporcionar um equilíbrio ideal entre a suavidade de alguns dos "materiais exóticos" e o alcance e a potência necessárias à sua conjugação, com os altifalantes de maiores dimensões para médias frequências da Wilson, mas sem se dar por isso. A Convergent Synergy é um produto da constante inovação da Wilson e, proporciona a base, em termos simplificados, para este altifalante de agudos das Sabrina.
Nas Sabrina, utiliza-se um ágil e dinâmico altifalante de médios com 5.75 polegadas. A sua beleza na gama média e a sua desenvoltura dinâmica estendem-se até à gama aguda inferior, sendo linear até para além dos 3.5 kHz. Para haver uma capitalização da musicalidade nesta área da gama de frequências, o altifalante de agudos tem um ponto de corte mais alto, do que em outros produtos da Wilson. Estes resultados mais altos conferem mais capacidade de potência a este inebriante, mas muito musical, altifalante de agudos. O altifalante de graves é de oito polegadas e foi, pela primeira vez, utilizado nas Alexia. Foi modificado, de modo a poder ser utilizado numa caixa mais pequena e de um único altifalante, o resultado é uma "destilação" tecnológica no seu melhor e um esforço real para que as Sabrina sejam dignas do nome Wilson Audio.

Características

Altifalantes
Woofer: 20.32 cm
Material: Cone em Papel
Tweeter: 2.54 cm
Material: Seda
Midrange: 14.61 cm
Material: Polpa de Papel
Resposta em Frequência: 31 Hz – 21 kHz: +/- 3 dB, RAR (Resposta na Sala)
Impedância Nominal: 4 ohms / 2.53 ohms mínimo @ 139 Hz
Sensibilidade: 87 dB @ 1W @ 1m @ 1 kHz

Dimensões
Altura: 96.48 cm
Altura com Spikes: 99.80 cm
Largura: 30.48 cm
Profundidade: 38.55 cm

Peso
Peso do sistema por canal: 42.64 kg
Peso aproximado embaladas: 100.70 kg